Items: 0
Total: € 0
   
Novo produto - Quinta Valle Madruga Reserva Branco (click imagem)
 
Ramos Pinto 30 Anos
Ramos Pinto 30 Anos
Ramos Pinto
Recomendar
Preço (/unidade)
€ 102,02
Unidade
Disponivel em quantidades de
75 cl 1
Tipo: Tinto 
Categoria:  30 Anos 
Álcool 19,5 % 
Nr. Produto 2253 
 
Beber quando
Beber agora ou guardar até 5 anos 
Beber agora ou guardar até 5 anos
Notas do Produtor
Magnífica cor tawny, com reflexos alaranjados. Na base do copo apresenta-se viva, com traços vermelho tawny, evoluindo depois para uma auréola esverdeada, característica dos vinhos velhos envelhecidos em casco.
Aroma de admirável elegância. No início é caloroso, charmoso, evidenciando-se já os aromas a baunilha e frutos secos, produto do seu envelhecimento. Com o agitar do copo, sobressaem aromas de especiarias, como canela e cacau. Na boca é acetinado e longo.
No paladar, após uma sensação a frutos secos, como a amêndoa e a avelã, segue-se uma surpreendente e agradável frescura causada por paladares de natureza etérea, culminando com paladar licoroso.
Mais
Produtor
Ramos Pinto
Fundada por Adriano Ramos Pinto em 1880, a Casa Ramos Pinto depressa se fez notar pela sua estratégia inovadora e empreendedora para a época. Associada a vinhos engarrafados de qualidade, implantou-se no mercado brasileiro no início do século XX e rapidamente se tornou responsável por metade do vinho exportado para a América do Sul, enquanto ia conquistando gerações de fiéis apreciadores em Portugal e na Europa. Estas foram consequências naturais de uma estratégia de vanguarda, apoiada na modernização dos circuitos de selecção, lotagem e envelhecimento e no especial cuidado que Adriano Ramos Pinto dedicou à embalagem e promoção dos seus vinhos. Os vinhos Ramos Pinto tornaram-se, assim, uma referência de qualidade.
Deste apaixonante percurso nasceu uma colecção única de objectos de arte, hoje expostos na Área Museológica - Casa Ramos Pinto, recentemente inaugurada.
O gosto pela cultura, incutido por Adriano Ramos Pinto na filosofia de actuação da Casa Ramos Pinto, mantém-se até aos nossos dias. Já em 1997, a Casa Ramos Pinto criou o Museu de Sítio de Ervamoira, destinado à investigação ambiental, enológica, arqueológica e antropológica do Vale do Côa. Existe ainda à disposição dos investigadores um Arquivo Histórico, em Vila Nova de Gaia, com um precioso acervo documental sobre a produção e exportação de vinhos desde as últimas décadas do século XIX.
Ciente de que a qualidade dos seus vinhos começava a ser delineada na terra mãe do Douro vinhateiro, a Casa Ramos Pinto perscrutou meticulosamente esta Região Demarcada, acabando por se tornar proprietária de quintas com características muito especiais, com o fim de alcançar o objectivo de assegurar o controlo e a qualidade de todo o processo de produção. Aprimorando os seus vinhos, a Ramos Pinto criou néctares únicos, com assinatura própria.
Em 1990, a Casa Ramos Pinto passou a integrar o Grupo Roederer, cuja história tem características idênticas. As qualidades que deram fama à Casa Ramos Pinto ganham agora uma maior dimensão internacional.

Eng.

Founded by Adriano Ramos Pinto in 1880, Casa Ramos Pinto rapidly became noted, at the time, for its innovative and enterprising strategy. Associated with quality bottled wines, it began operating on the Brazilian market in the early 20th century and quickly became responsible for half of the wine exported to South America, whilst it was still conquering generations of loyal customers in Portugal and Europe. These were the natural results of a forward thinking strategy, based on the modernisation of selection, batching and ageing circuits, and the special care which Adriano Ramos Pinto devoted to the packaging and promotion of his wines. The Ramos Pinto wines have therefore become a reference of quality.
From the very onset was born a unique collection of art objects, which are displayed today in the recently opened Museum Area - Casa Ramos Pinto. The taste for culture instilled by Adriano Ramos into in the working philosophy of Casa Ramos Pinto, is still alive today. In 1997, Casa Ramos Pinto created the Ervamoira On-Site Museum, aimed at environmental, oenological, archaeological and anthropological research of the Vale do Côa. Researchers also have at their disposal the Historical Archives in Vila Nova de Gaia, with a precious collection of documents on the production and export of wines from the late 19th century.
Aware that the quality of its wines were confined to the earth of the wine producing Douro, Casa Ramos Pinto meticulously studied this Demarcated Region, and eventually became the owners of a number of estates with very special characteristics. The objective was to ensure the control and quality of the whole production process. By perfecting its wines, Ramos Pinto created unique nectars with its own signature.
In 1990, Casa Ramos Pinto became part of the Roederer Group, whose history has identical characteristics. The qualities that gave fame to Casa Ramos Pinto now took on an international dimension.
Mais
 
Transportes grátis para encomendas superiores a 75 EUR
Tinto

€ 4,43

€ 4,75
Multibanco
 Produzido por IBT - Internet Business Technologies    Powered by CiberSTORE eBusiness Platform